Xis – Vem Comigo (tema para Dedé)
Genre Rap

LYRIC
Vem Comigo (tema para Dedé)
Xis

Eu te proponho um céu de estrela
Pra te fazer brilhar
Pra refletir no mar
Na luz da Lua
Na noite de Luar
Meu bem que mal que tem?
Deixa a brisa entrar
Prometa não me deixar só
Ei de volta à terra pode ser pior
Eu sei que os manos tão daquele jeito
Não tem mais jeito
É bicho feio
Bala que crava no peito
Não sou suspeito e pah
Não devo nada
Apelidado Xis que manda a rima pra quebrada
Vou devagar e sеmpre
A fama independеnte
Eu amo minha gente
Eu sigo humildemente aqui
Não diga não me diz sim vai
Chega aí cola lado a lado eternamente
Pra me ver feliz
Me da um beijo
Empresta seu sorriso
É disto que eu preciso
Vem comigo
Vem comigo vem
Cruzar a fronteira que existe entre a guerra e a paz
Me da uma chance
Faça seu lance
Esqueça a revanche
Quem sabe um dia as desavenças possam acabar
A treta evaporar
Sumir no ar
Eu vencerei

O mundão é complicado
A gente vive só no gueto
Esperando o pior chegar
Faz falta alguém pra conversar
Ideia positiva de valente pra trocar
Aonde foi que eu errei nisso tudo
Me diz senhor meu Deus maior absoluto
Pequei parei com tudo
Eu sei que perdi o rumo
Hoje o que eu tenho é você o que possuo
Fiz um pedido e se pá vai constar
Basta você meu bem aceitar
Não diga não me diz sim vái
Chega ae cola lado a lado do me ajuda a resistir
Minha menina, minha rosa verdadeira
Estrela que mais brilha na noite de lua cheia
Me dá um beijo empresta seu sorriso
É disto que eu preciso
Vem comigo
Vem comigo meu ar, eu respiro
De balada e vem comigo
Pra curtir e ficar numa boa
Me dá um beijo com gosto de vinho
Me deixa acariciar o seu rosto
Te beijar e morder seu pescoço
Prometa agora não me deixar só
Escute bem pode ser pior

Pode ser pior veja bem
O Mundo inteiro ao meu redor e ninguém
Que eu possa confiar de verdade
Alguém de fé pra acreditar na verdadeira amizade
É muito loco encontrar um destino
Saber que fui tão e longe e que estou tão sozinho
Perdido nesta guerra louco, confuso
Pronto pra dizer, foda se o mundo
Vem comigo meu bem

Cruzar a fronteira que existe entre a guerra e a paz
Me da uma chance
Faça seu lance
Esqueça a revanche
Quem sabe um dia as desavenças possam acabar
A treta evaporar
Sumir no ar
Eu vencerei
Vem comigo
Meu ar que eu respiro
De balada e vem comigo
Pra curtir e ficar numa boa
Me dá um beijo com gosto de vinho
Me deixa acariciar o seu rosto
Te beijar e morder seu pescoço
Prometa agora não me deixar só
Escute bem pode ser pior

Vem comigo vem
Vem comigo vem
Vem
Vem comigo meu ar que eu respiro
De balada e pá vem comigo vem
Vem

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *