Fazenda Diamante – Rodrigo Zin
Genre Rap

LYRIC
Fazenda Diamante

Verso 1

Animais na minha bolsa
Deus seja louvado, estampado
Nem é de marca a minha roupa
Eu que sou caro
Fazendo grana pro filme
Tua amiga no meu filme
Por que pensou pornografia com essa linha, filho?
Diamante no pescoço? Vindo da fazenda de escravo?
Pensa que eu não vi, todo aquele sangue derramado...
A luta é pela África, e contra todos os teus barcos
Tuas velas, suas chibatas e correntes
Tô errado mano?

Refrão

Vamo tomar o que é nosso
Ou tô errado, mano?
Vamo tomar o que é nosso
Ou tô errado, mano?
Vamo tomar o que é nosso
Ou tô errado, mano?
Ou tô errado, mano?
Mano, mano, mano...

Verso 2

Meu povo morrendo
De novo morrendo
Juro que eu tento
Juro que eu tento
Salvar esses manos
Salvar essas minas
Salvar desse pranto
Fazenda de Dia...
Inferno de noite
Eu vaguei no limbo
Eu amei o beijo
Da liberdade, sorrindo
Eu amei o beijo
Da liberdade, sorrindo
Eu amei a transa
Com a liberdade, mentindo
Eu, eu amei
Refeito aos trapos
Refém dos maus tratos
Amém, pros pecados?
Eu, eu andei
Procurei vingança
Não culpei tua pele
Odiei seus atos
Esperei com calma
Revolta não fala
Revolta se deixa
Tomamos a casa
Pegamos o ouro
Levei diamantes
Nós ficamos ricos
Fugimos do sangue
Fazenda de Sangue
Tu matou minhas deusas
Em luto ficamos
Em luta, vencemos
Fazenda Diamante
Hoje só pedimos
Por algum respeito
Pelos nossos filhos...
Eu, eu amei

Refrão

Vamo tomar o que é nosso
Ou tô errado, mano?
Vamo tomar o que é nosso
Ou tô errado, mano?
Vamo tomar o que é nosso
Ou tô errado, mano?
Ou tô errado, mano?

Saída

Outro vinho, Campo Largo
Eu te espero do outro lado
Outro lado, outro lado
Outro lado, outro lado...

Saída - SampleA$AP Rocky & Rodrigo Zin

Riding in that Testa...rossa, nigga catch up
Sipping on that syrup 'til I’m messed up like yes sir
Outro lado!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *